18 Jun 2024 - hHRS

Alerta!!! Notas Falsificadas de R$200,00 estão circulando na região.


Atenção ao dinheiro falso! Recentemente, algumas notas falsificadas foram detectadas no comércio de Vilhena. É crucial que todos fiquem atentos à circulação dessas notas, especialmente durante grandes eventos e nos momentos de maior movimento no comércio, quando indivíduos mal-intencionados aproveitam para passar dinheiro falsificado.

Consumidores e lojistas devem redobrar a atenção. Uma tática comum é usar notas falsas de valores altos para comprar produtos baratos, visando obter troco em dinheiro verdadeiro. Isso representa um grande risco, pois quem recebe uma nota falsa geralmente arca com o prejuízo, já que não há uma legislação que garanta a troca por notas verdadeiras. Se a nota falsa for obtida em um saque de caixa eletrônico, o consumidor deve imediatamente tirar um extrato do saque e procurar o gerente da agência para tentar resolver a situação e obter ressarcimento.

O crime de falsificação de moeda é previsto no artigo 289 do Código Penal. Aqueles que falsificam, fabricam, adquirem, vendem, trocam, guardam ou tentam colocar uma cédula falsa em circulação podem ser condenados a penas de 3 a 12 anos de reclusão. Portanto, é crucial não repassar notas falsas. Ao receber uma nota suspeita, deve-se procurar a Polícia Federal ou entregá-la a um banco para o devido encaminhamento.

 

Confira as dicas de segurança da Polícia Federal:

1 – Baixe de forma gratuita no seu smartphone o aplicativo “Dinheiro brasileiro”: O aplicativo desenvolvido pelo Banco Central não analisa a autenticidade da cédula, mas ajuda a identificar e conhecer os itens de segurança.

2 – Método “Tocar – Observar – Inclinar”: Percebendo se a textura da nota é diferente do normal e se os elementos de segurança são visíveis pela observação da nota em contraluz ou através da sua inclinação, este método permite identificar um grande número de notas falsas.

3 – Comerciante, não tenha pressa no atendimento: Geralmente essas notas são passadas em locais de grande concentração de pessoas, feiras, lojas, supermercados, comércio ambulante, e muitas vezes a pressa do comerciante para atender um maior número de clientes faz com que ele não tome o devido cuidado em verificar a nota que está recebendo.

4 – Conheça bem a nota verdadeira: Geralmente pessoas que lidam diariamente com dinheiro, como os caixas de banco e comerciantes, sabem facilmente identificar uma nota falsa – essa experiência em manusear diariamente o dinheiro verdadeiro faz com que eles se tornem especialistas em identificar notas falsas.

5 – No caso de dúvida, compare a nota suspeita com uma nota verdadeira.

6 – Observe a textura da nota: Outra cautela que pode ser tomada é reparar na textura do papel das notas que estão sendo recebidas, as notas falsas tendem a ser lisas, enquanto as notas verdadeiras são ásperas e possuem um alto relevo e saliência nos itens de segurança que pode ser percebido pelo tato. Sinta com os dedos o papel e a impressão.

7 – Observe a impressão da nota: Nas cédulas legítimas, as tonalidades de cores são firmes – as notas falsas têm cores com pouca nitidez e costuma haver borramento das cores.

8 – Verifique a marca d’água colocando a nota contra a luz.

 

Voltar